sexta-feira, 2 de julho de 2010

Servo





Sou fã inveterada do blog http://genizahvirtual.com. Esse link faz parte dos meus favoritos até no computador do trabalho. O portal me faz rir, refletir, me assustar, além de me manter informada sobre as fofocas do mundo gospel.

Esta postagem é fruto de uma notícia que li no site, de um comentário que fiz e de um outro comentário que alguém fez a partir do meu comentário.

A assombrosa notícia é a de que o mundo gospel ultrapassou as fronteiras bíblicas completamente e consagrou um patriarca!!! Renê Terra Nova agora é Patriarca! Ele pode ser comparado a Abraão, Isaque e Jacó. E pensar que ele é brasileiro! Que honra a nossa, não é? [Para quem não entendeu, foi uma baita ironia].

Não sei, na verdade, qual foi minha reação à notícia: tristeza, decepção, fastio, graça, júbilo, satisfação, melancolia, compaixão, dó, misericórdia, desgosto, martírio, asco, nojo, repulsa ou uma mistura de tudo isso.

 Talvez o que mais me gere questionamento e repulsa é a quantidade absurda e, quase, imensurável de títulos: diáconos, presbíteros, mestres, doutores, pastores, bispos, apóstolos etc. Concordo que, pelo menos, os títulos que eu citei estão na Bíblia. Mas acho que Jesus nos incentivou a buscarmos um outro título: o de servo.

“A ninguém sobre a terra chameis vosso pai; porque só um é vosso Pai, aquele que está nos céus.  Nem sereis chamados guias, porque um só é vosso Guia, o Cristo. Mas o maior dentre vós será vosso servo. Quem a si mesmo se exaltar será humilhado; e quem a si mesmo se humilhar será exaltado.” (Mateus 23.9-12)

À luz desse texto, acredito que posso afirmar que não se devem chamar líderes espirituais de “pai”, consequentemente, também não devem ser chamados de “mãe”. Ao invés disso, deve-se pleitear o título de servo. Não se deve buscar os primeiros lugares, nem honrarias.

Corroborando com o discurso de Jesus, o apóstolo Paulo incentiva a humildade. Ele nos incita a imitarmos o exemplo servil de Jesus:

“De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus, que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus, mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens; e, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até a morte, e morte de cruz.”(Filipenses 2. 5-8)

Jesus lavou os pés dos discípulos. Ele simplesmente viu a bacia e a toalha, tomou iniciativa e lavou os pés dos seus companheiros. Ouvi uma vez um pastor dizendo que essa função – a de lavar os pés – era responsabilidade do menor dos escravos da casa. Jesus agiu como o menor dos servos, o mais simples, o menos importante.

E as pessoas preferem ser paipóstolos, patriarcas, semi-deuses, quarta pessoa da trindade!... Quem quer ser servo?

4 comentários:

  1. Muito bom!!

    Ele se esvaziou, fez-se servo e nunca pregou a teologia da prosperidade.
    Nosso Senhor veio na contra mão dos poderosos, porém seus seguidores(?)não pegaram o espirito da coisa.

    abraços

    Adriana Chalela Curdoglo

    ResponderExcluir
  2. Meu nome é Paulo, sou pastor de uma Igreja Batistao que você cita diz também que ninguem deve ser chamado de guia. Porém a Bíblia afirma que eu sou GUIA do rebanho que Deus me deu para pastorear.
    "Obedecei aos vossos guias e sede submissos para com eles; pois velam por vossa alma, como quem deve prestar contas, para que façam isto com alegria e não gemendo; porque isto não aproveita a vós outros."(Hebreus 13:17)
    Por favor, deixe eu continuar sendo guia... A Bíblia diz que eu sou guia.
    prpauloeclaudia@gmail.com

    ResponderExcluir
  3. Paz do Senhor,

    Parabéns, pelo seu trabalho neste blog. Que Deus em Cristo Jesus continue lhe abençoando poderosamente.

    Estou seguindo o vosso blog.

    Aproveito pra lhe convidar a visitar meu blog também. Avivamento pela Palavra é um blog voltado aos amantes da Bíblia sagrada como Verdade Absoluta e que só através Dela seremos mais crentes e mais cheios do Espirito Santo. Comente, pois seus comentários são muito importante para mim poder estar sempre em melhorias no meu blog.

    http://www.alexandrepitante.blogspot.com/

    Siga-nos também.

    Fica com Deus.
    Abraço em Cristo, Alexandre Pitante.

    ResponderExcluir
  4. Daqui a pouco, nem o papa vai poder com essa hierarquia evangélica que não para nunca de crescer no Brasil. Se os títulos correspondessem a realidade, seríamos a nação com o cristianismo mais autêntico do planeta!

    ResponderExcluir

É um prazer saber a sua opinião. Melhor ainda quando você se identifica!
Use a opção "Comentar como" e identifique-se.